Voltar

Vice-presidente Técnico do SINCOR-GO é o primeiro corretor a receber identidade profissional em Goiás

Hailton Carteira Profissional

Durante almoço em que foram conhecidos os vencedores do 3º Prêmio SINCOR Goiás de Jornalismo, o vice-presidente Técnico do sindicato, Hailton Costa Neves, foi o primeiro corretor de seguros a receber a identidade profissional de corretor em Goiás.

A entrega foi realizada pelo presidente do IBRACOR, Gumercindo Rocha Filho, juntamente com o presidente do SINCOR-GO, Henderson de Paula Rodrigues, que ressaltou a importância do documento, emitidos em formato smart card. "O consumidor será o principal beneficiário, pois poderá ter acesso a um comprovante de que está adquirindo seguro de um corretor de seguros habilitado. Já para o profissional, a identidade profissional possibilitará a realização da certificação digital, além de aumentar a segurança no relacionamento com as empresas do setor", explicou.

Para Haiton, que também atua como professor da Escola Nacional de Seguros, esse é mais um passo importante para o fortalecimento da profissão de corretor. "Atualmente, a identificação do corretor de seguros habilitado é feita através do site da Susep, em que é preciso acessar e buscar uma certidão que tem validade de 30 dias. Esse processo é trabalhoso. A identificação profissional, além de contribuir com a valorização da categoria, dará mais segurança e celeridade às transações do setor", afirmou.

Emissão da carteira de identidade profissional
A requisição do documento deve ser realizada pelo portal da SUSEP, mediante o deferimento do pedido de recadastramento. A distribuição da carteira ficará a cargo do IBRACOR, órgão auxiliar da SUSEP.

Conforme novos prazos estipulados pela SUSEP, corretores de seguros têm até o dia 15 de dezembro para dar entrada no pedido de recadastramento. O profissional que não fizer a atualização dos dados junto à autarquia terá seu registro suspenso e ficará impedido, a partir daí, de intermediar novos negócios de seguros, capitalização e previdência complementar aberta, enquanto não regularizar o seu respectivo cadastro.

 

SINCOR-GO (10/11/2017)