Voltar

Prêmio de Jornalismo: 702 trabalhos inscritos

Prêmio de Jornalismo: 702 trabalhos inscritos

 

Mais de 700 trabalhos foram inscritos na quarta edição do Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros. Entre os autores das 702 reportagens inscritas estão jornalistas de todos os grandes jornais, redes de TVs e de rádios do País, além de todos os veículos da imprensa especializada em seguros e publicações regionais, o que confirma a grande capacidade de difundir a informação sobre o mercado de seguros que essa premiação oferece.

Agora, a comisão de seleção vai definir os 5 finalistas de cada categoria e, em seguida, caberá à comissão de julgamento, apontar os grandes vencedores.

Este ano, serão premiadas quatro categorias de reportagem: Mídia Impressa, Webjornalismo, Mídia Especializada do Mercado de Seguros e Audiovisual (englobando rádio e TV). 

Os três melhores trabalhos de cada categoria serão contemplados com R$ 30 mil, R$ 10 mil e R$ 5 mil, respectivamente. 

Promovido pela Fenacor, com o apoio institucional da CNseg e da ENS, o Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros tem por objetivo promover a conscientização sobre oportunidades e benefícios envolvidos na contratação do seguro. 

Desde 2016, a iniciativa tem se consolidado como reconhecimento aos profissionais de imprensa que cobrem o mercado de seguros, previdência privada aberta, capitalização e resseguros, setor que responde por aproximadamente 6,5% do PIB, se for incluído o segmento de saúde suplementar.

O prêmio engloba todos os ramos de seguros, capitalização, vida, saúde suplementar, resseguros e previdência complementar aberta. 

Trata-se, assim, de ferramenta importante para difusão da cultura securitária no país.

Fenacor (12/11/2019)