Voltar

Novas companhias apostam no seguro para veículos

O seguro auto é o preferido da maioria das novas seguradoras que irão comercializar, através do Sandbox Regulatório, coberturas inovadoras para diferentes carteiras. De acordo com os dados divulgados pela Susep, das 21 companhias selecionadas na segunda edição do Sandbox, sete, o equivalente a 33% do total, vão atuar no ramo de veículos.  

Outro segmento que atrai interesse dessas empresas é o de seguros para celulares. Quatro das empresas selecionadas, ou quase 20% do total, irão atuar nesse ramo. 

A maior surpresa é o seguro de fiança locatícia, ramo que será explorado por três das novas companhias. 

Além dessas carteiras, as novas seguradoras selecionadas no Sandbox Regulatório irão oferecer coberturas inovadoras para bicicletas, pets e até seguros agrícolas.  

Agora, já chega a 32 o número de empresas participantes do Sandbox (em 2020, na primeira edição, foram selecionados 11 projetos inovadores, dos quais quatro já estão em operação). 

As companhias selecionadas na segunda edição iniciarão o processo de autorização para poderem atuar, por até três anos, com menor custo regulatório e mais flexibilidade.  

Esses projetos incluem a oferta de seguros em formato pay-per-use e coberturas intermitentes não só para proteção de automóveis, mas também para proteção residencial e para a prática de esportes.  

Há também propostas que atendem demandas reprimidas de mercado como seguros agrícolas paramétricos e com uso de tecnologias avançadas para monitoramento e regulação de sinistros, focados na inclusão de produtores rurais de pequeno e médio porte; microsseguros de danos; seguros para caminhões; seguros de fiança locatícia em formatos simples e inéditos; seguros para passageiros que busquem reduzir perdas com cancelamento e remarcação de passagens aéreas e hotéis.

CQCS