Voltar

ENS prepara lançamento da "sala do futuro"

Uma matéria do Valor Econômico publicada dia 16/04 informa que a Escola de Negócios e Seguros está preparando o lançamento, da "Sala do Futuro". O espaço físico, que será aberto na Rua Augusta, em São Paulo, abrigará telas em alta resolução para receber 40 alunos remotos e até 30 presenciais e tem previsão de inauguração para o início de maio.

 

Até o momento, a ENS investiu R$ 1 milhão no projeto, que é realizado em parceria  com a espanhola Mashme e a Samsung SDS. Por conta da pandemia do novo coronavírus, as aulas começarão com todos alunos on-line. Tarcísio Godoy, diretor geral da ENS, é quem está a frente do projeto.

O executivo conta que a ideia da "Sala do Futuro" veio após um estudo sobre soluções de educação a distância, usadas atualmente em universidades estrangeiras, particularmente, Oxford e Stanford. "O diferencial da ‘Sala do Futuro' é a experiência de ensino que ela cria. É uma nova proposta pedagógica".

O conteúdo das aulas não se restringe ao ensino técnico da dinâmica que rege um seguro em si: de empreendedorismo, apólices, passando por compliance e gestão de projetos. Em termos práticos, a tecnologia permitirá, por exemplo, que os alunos "visitem", de forma virtual, uma plataforma de petróleo até conheçam o escritório de um regulador.

A Fundação Getulio Vargas (FGV) também está com um projeto semelhante e  inaugurou no fim de março um laboratório virtual em parceria com a Microsoft. As duas instituições afirmam que pretendem compartilhar conhecimentos dessas experiências com outras instituições. Até porque, segundo Godoy, essa solução de ensino a distância, do modo como foi formatada, não é "de massa". "A sala do futuro é para ganharmos aprendizado para levar a experiência a um volume maior de pessoas", afirma.

CQCS (17/04/2020)