Voltar

COM SUCESSO DE PÚBLICO, ORGANIZADORES FAZEM BALANÇO POSITIVO DE 2º CONGRESSO DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO E SECURITÁRIO DA OAB-GO

Com mais de 300 advogados inscritos em 21 palestras, o 2° Congresso Goiano de Direito Previdenciário e Securitário chegou ao fim neste sábado (14 de setembro) com sucesso de público e com debates indicadores sobre os novos rumos do Direito Previdenciário. A avaliação é de representantes das Comissões de Direito Previdenciário e Especial de Direito Securitário da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO), que já definiram a realização da 3ª edição do evento para os dias 11 e 12 de setembro do próximo ano. 

A secretária-adjunta da Comissão Especial de Direito Previdenciário do CFOAB e secretária-geral adjunta da seccional, Delzira Santos Menezes, destacou a participação de representantes da advocacia do interior. "Saber que o debate que promovemos está chegando a representantes da advocacia dos quatro cantos do Estado nos enobrece e nos enche de orgulho", afirma.

A presidente da Comissão de Direito Previdenciário, Ana Carollina Ribeiro, por sua vez, ressaltou o trabalho dos membros das duas comissões organizadoras como marco do evento. "Nosso trabalho tem sido exponencial. Só conseguimos esse alcance graças à união de um grupo, especialmente de cada membro que se dispôs a ajudar?. Levamos conhecimento e cumprimos com a meta da comissão de fomentar a capacitação", afirmou. 

A presidente da Comissão de Direito Securitário, Allinne Garcia, destacou a presença de palestrantes renomados nacionalmente. "Reunimos palestrantes reconhecidos em todo o País por dominarem o tema do Direito Securitário e Previdenciário. É com satisfação que avaliamos os dois dias de evento com saldo positivo", diz. "A OAB-GO cumpre sua missão de possibilitar a qualificação da advocacia com este encontro", ressaltou o secretário-geral adjunto, Jacó Coelho. 

2º dia

A palestra inicial do segunda dia do evento foi proferida pelo diretor de Atendimento do INSS, Clovis de Castro Junior, com o tema "Desafios da Plataforma Digital e Inteligência Artificial". Logo em seguida foi a vez da professora Angélica Carlini falar aos presentes sobre "Regulação de Seguros em Tempos de Inovação".

O encerramento ficou a cargo do juiz federal Carlos Wagner Dias Ferreira, integrante da Turma Recursal da Seção Judiciária do TRF da 5ª Região e diretor do Foro da Justiça Federal no Rio Grande do Norte, com a palestra "Dar juízo aos Juizados Especiais Federais". Ele abordou as dificuldades tanto do magistrado em exercer sua função, quanto dos advogados em patrocinar suas causas no microssistema dos juizados. 

"Dificuldades que vão desde o número excessivo de ações, à insegurança jurídica no procedimento. Como possíveis soluções, estão as ferramentas disponibilizadas pelo Código de Processo Civil, e ainda pouco usadas, como a mediação e o negócio jurídico processual. O princípio da dignidade humana sobrepor a burocracia e excesso de formalismo afim de dar a parte o lhe é de direito."?

 

OAB-GO (16/09/2019)