Voltar

Carteira de automóvel registra queda de 2,9%

Dados publicados pela FenSeg indicam que a receita apurada na carteira de automóvel de janeiro a novembro do ano passado, da ordem de R$ 31,8 bilhões, foi 2,9% menor que a soma registrada no mesmo período, em 2019. Das cinco principais modalidades de seguros que integram essa carteira, a maior queda foi apurada no ramo de cascos, que despencou 6,3%, para R$ 20,5 bilhões.

Em contrapartida, no ramo de garantia estendida, a FenSeg computou um avanço de 23,8% na arrecadação.

Nas demais modalidades, houve crescimento de 15,8% em assistências; 3,5% em APP; e queda de 1,2% no seguro de responsabilidade civil facultativo.

PATRIMONIAIS. Nos seguros patrimoniais a bota notícia foi o avanço de 6,8% da receita de prêmios, para 15,8 bilhões.

Os destaques foram os segmentos de médios e grandes riscos, com incremento de 29%; e o de riscos de engenharia, que cresceu 22,8%.

A FenSeg registrou ainda crescimento da arrecadação em carteiras importantes como os seguros habitacionais (7,8%) e riscos financeiros (15,6%).

Outro avanço relevante foi constatado no seguro rural (31,1%) entre os dois períodos comparados.

 

CQCS