Voltar

Capitalização poderá ser usada em licitações

titulos-de-capitalizacao-valem-a-pena

O DCI relata que o mercado de capitalização proporá inserir os títulos da nova modalidade de garantia na nova lei de licitações. Só nos cinco primeiros meses do ano, as receitas do setor avançaram 12% em relação a igual período de 2018, de R$ 8,623 bilhões para R$ 9,655 bilhões.

A iniciativa vem em linha com o surgimento do título como instrumento de garantia, modalidade possibilitada pelo novo marco regulatório do setor, em vigor desde abril deste ano. A linha, que antes era acoplada à modalidade tradicional e visava apenas contratos locatícios, ganhou atuação solo e a possibilidade de ser utilizada em qualquer outro tipo de contrato.

De acordo com o superintendente de riscos financeiros e capitalização da Porto Seguro, Luiz Henrique, apesar de ser muito cedo para perceber crescimentos advindos do novo marco, os produtos criados possuem um forte apelo ao consumidor e, por isso, a proposta de incluir títulos com finalidades para licitações e infraestrutura pode ser contemplada.

DCI via Fenacor (19/07/2019)