Voltar

Aumenta a demanda por cobertura para doenças graves

 

Aumenta a demanda por cobertura para doenças graves

O Valor Econômico anota que pela primeira vez, o volume de prêmios vindos da cobertura 'doenças graves', que cresceu 12,16% em 2018 sobre 2017, superou modalidades como acidentes pessoais (4,68%), auxílio funeral (10,44%), seguro viagem (0,32%) e seguro educacional - que teve o prêmio diminuído em 30,76% no mesmo período. Em 2018, apenas as modalidades prestamista, com crescimento de 19,35%, e o básico vida individual (24,45%) superaram os prêmios registrados na cobertura 'doenças graves'.

De acordo com a última pesquisa anual sobre benefícios corporativos ' Mercer Marsh Benefícios', só 4% das 690 empresas consultadas no Brasil responderam que oferecem a cobertura para doenças graves no produto vida. A pesquisa vai se repetir na metade do ano, mas na avaliação da diretora de produtos e consultoria da Mercer Marsh Benefícios Mariana Dias, o percentual não deve ter grande alteração. 'Hoje, para os momentos de doenças, as empresas já oferecem o plano de saúde para o colaborador', diz.

Valor Econômico, via SindSeg-SP (03/04/2019)