Voltar

A hora e a vez do seguro de pessoas no mercado local

Tudo indica que o seguro de pessoas está conquistando seu lugar no mercado de seguros brasileiro.O consultor de economia Francisco Galiza diz que o mercado de seguro de pessoas tem conseguido crescer acima da inflação.

O resultado é reflexo da mudança cultural da sociedade brasileira. Além disso, o brasileiro tem se dado conta que o seguro de vida pode ser, além de proteção, uma constituição de reserva. Durante o  programa Panorama do Seguro, Galiza explica a evolução significativa do segmento. "Não importa o que seja decidido no próximo governo, mercado de seguro de pessoas conseguiu se superar, conseguiu crescer acima da inflação", afirma.

Para o consultor, assim como entre 2008 e 2018, será possível enfrentar possíveis dificuldades nos próximos anos. "Tivemos subidas e descidas da economia. Houve recessão e crescimento, mas a longo prazo, mesmo com esses ocorridos, o mercado de seguros acabou se sobressaindo", conclui.

Nos últimos dez anos, o mercado de Seguro de Pessoas teve uma variação positiva de 170% em seu faturamento. A inflação, por sua vez, teve um aumento de 70%.

CQCS (01/11/2018)