Voltar

“Família em Ação”: lançamento supera expectativas

O movimento "Família em Ação", que surgiu no âmbito da "Família Fenacor" -integrada por dirigentes da Fenacor e dos Sincors e cônjuges -, e que tem como objetivo principal apoiar ações sociais e de âmbito nacional, foi lançado nesta quinta-feira (12 de agosto), em evento virtual aberto ao público. 

E os resultados obtidos nesse lançamento superaram todas as expectativas, que já eram bastante otimistas, em razão da extrema relevância da proposta. Durante o evento, diversas seguradoras anunciaram a adesão e pleno apoio à "Conexão Solidariedade", primeira causa abraçada pelo movimento,  que visa amparar as famílias atingidas pela pandemia, seja pela morte do provedor, desemprego ou que sofrem com as sequelas, tendo como base a distribuição de cestas básicas. 

Em participações ao vivo, executivos de duas seguradoras (João Luiz Lima, da Tokio Marine; e Alfeo Marchi, da MAG) anteciparam que suas companhias irão doar o equivalente a mil cestas básicas, cada. 

Também ao vivo, o vice-presidente da Porto Seguro, Rivaldo Leite, ofereceu as instalações das sucursais da companhia para a acomodação das cestas básicas doadas.  

Foram apresentados ainda vídeos com depoimentos dos vice-presidentes da HDI, Flávio Rodrigues; da Sulamérica, Patrícia Coimbra; e da Zurich, Márcio Benevides; além do diretor da Bradesco Seguros, Leonardo Freitas. Todos asseguraram total apoio à campanha.

Ao longo do evento, corretores de seguros, além de outros profissionais do mercado e de diferentes segmentos da sociedade, fizeram diversas doações. 

Além disso, já no final, um grupo de corretores de seguros de Uberlândia (MG) anunciou a doação de 150 cestas básicas. 

E, para encerrar o evento com chave de ouro, o presidente do Sinco-SP, Alexandre Camillo, revelou que o Sindicato irá doar, no mínimo, 500 cestas, além daquelas que serão doadas por profissionais do estado. 

EVENTO. Emocionado, o presidente da Fenacor, Armando Vergilio, agradeceu o apoio e lembrou que milhares de famílias estão enfrentando dificuldades até para se alimentar. "A nossa intenção é aumentar a corrente de apoio e amparo a essas pessoas", destacou Vergílio, citando dados da CUFA (Central Única das Favelas) segundo os quais 120 mil estão enfrentando um quadro de "vulnerabilidade extrema", por não terem nada para comer.

Vergilio disse ainda que a campanha vai receber doações até o dia 17 de setembro e anunciou uma novidade. "A partir de hoje, qualquer pessoa pode doar um cesta básica pronta diretamente na sede do Sincor de seu estado, se asssim desejar", revelou. 

De acordo com o presidente da Fenacor, as mais de 300 pessoas que participaram do lançamento passar a ser, a partir de agora, "padrinhos e madrinhas dessa campanha", com a missão de disseminar a ação por todo o Brasil.

Já a vice-presidente da Fenacor, Maria Filomena Branquinho, fez a apresentação do projeto, destacando a importância do mercado abraçar essa causa, lembrando ainda que "a missão do mercado de seguros e do corretor é proteger as pessoas". Segundo ela, a participação pode se dar através das doações e também da divulgação da ação.

Foram apresentados ainda depoimentos de lideranças regionais dos Corretores de Seguros convocando a categoria para aderir, doar e disseminar essa campanha. Essa conclamação foi feita pelos presidentes dos Sincors do Pará, João Braga (representando o Norte); Pernambuco, Carlos Valle (Nordeste); Rio Grande do Sul, Ricardo Pansera (Sul); e Mato Grosso do Sul, Arnol Lemos Filho (Centro-Oeste). O Sudeste foi representado por Gustavo Bentes, vice-presidente do Sincor-MG.

METAS. Nesta etapa inicial, o "Família em Ação" pretende difundir por todo o país o "Conexão Solidariedade" e, assim, multiplicar o volume de cestas básicas adquiridas com as doações realizadas por meio dessa relevante ação social.

A intenção é atrair não apenas Corretores de seguros e outros executivos e profissionais do mercado de seguros e seus familiares, mas, também, todos aqueles que puderem aderir e aumentar a capilaridade do "Conexão Solidariedade".

As doações podem ser feitas pelo PIX (utilizando a chave conexao.solidariedade@fenacor.org.br) ou através de depósito em conta corrente aberta pela Fenacor (Banco do Brasil - Agência 1251 - Conta Corrente 17553-6 - CNPJ 42.564.922/0001-71).

Essa conta exclusiva para receber as doações passará por auditoria independente para manter a transparência da ação.

Há ainda a possibilidade de doação de cestas básicas diretamente nas sedes dos Sincors, como anunciou o presidente da Fenacor durante o evento desta quinta-feira.
A estimativa é de que cada cesta tenha um custo médio de R$ 75,00.

As cestas doadas serão destinadas para famílias do estado onde reside o doador.

Além disso, a Fenacor se compromete a, no mínimo, "dobrar" o volume de doações, destinando uma cesta a mais além daquela já doada.

No caso do estado com o maior número de doadores, o volume de cestas será triplicado.

Para conhecer mais detalhes sobre as doações, acesse este endereço eletrônico: https://www.conexaofuturoseguro.com.br/solidariedade/

Fenacor