Últimas Notícias

23/11/2020

Últimos dias para inscrições no Prêmio de Jornalismo

Termina na próxima segunda-feira (30/11) o prazo para inscrições de trabalhos na quinta edição do Prêmio Nacional de Jornalismo em Seguros. Organizada pela FENACOR em parceira com a ENS e apoio institucional da CNseg, essa é a maior premiação voltada para a imprensa brasileira. Poderão ser inscritas as reportagens veiculadas, postadas ou publicadas entre os dias 11 de novembro de 2019 e 29 de novembro de 2020 (domingo). No total, são cinco categorias em disputa, sendo quatro delas as tradicionais "Mídia Impressa", "Audiovisual" (incluindo Rádio e TV), "Webjornalismo" e "Imprensa Especializada do Mercado de Seguros". A quinta categoria é voltada para a formação e a qualificação profissional no mercado de seguros. Neste caso, o intuito é estimular o jornalista a desenvolver matérias focadas na qualificação dos profissionais do setor de seguros, previdência e capitalização, e uma preparação especifica para atuação nos negócios desse mercado e suas oportunidades atuais. A "Comissão de Seleção" indicará 10 trabalhos por categoria para que a "Seleção de Julgamento" aponte os cinco finalistas e os vencedores. A solenidade de premiação poderá ser presencial ou virtual, entre dezembro de 2020 e fevereiro de 2021 (a data exata será anunciada oportunamente). A inscrição deve ser feita neste endereço eletrônico, onde os jornalistas encontrarão mais informações sobre o prêmio: https://www.fenacor.org.br/premiodejornalismo/Home

ver mais

23/11/2020

Evento do Sincor-MG para as mulheres supera expectativas

A edição 2020 da tradicional comemoração do "Dia das Mulheres" foi realizada pelo Sincor-MG nesta terça-feira (17 de novembro). Transmitido por meio remoto e com nova data, em razão da pandemia, o evento foi um sucesso e superou todas as expectativas, reunindo aproximadamente 150 profissionais do mercado de seguros, de todas as regiões do Brasil, incluindo corretoras, executivas e técnicas de seguradoras, além das esposas dos presidentes dos Sincors e diretoras dos sindicatos estaduais. Na abertura, a presidente do Sincor-MG, Maria Filomena Branquinho, saudou as mulheres inscritas no evento e agradeceu ao apoio da Fenacor. "Somos complicadas, mas, por onde passamos, cada uma de nós, na sua maneira, deixa o seu legado. Tenho orgulho de ser mulher, pela resiliência, coragem e grande amor e afeto que nos movem", frisou. Ainda na abertura do encontro, o presidente da Fenacor, Armando Vergilio, que estava acompanhado por sua esposa, Simone Rodrigues, lembrou que as mulheres têm tido papel decisivo para que se possa atravessar a mais grave pandemia de saúde pública, que exige esforço muito grande, mudança de hábitos e traz uma nova ordem. "Esse cenário evidenciou a importância da mulher, que desempenha papel fundamental na organização dos negócios e da família, com jornadas duplas ou até triplas", acentuou. Vergilio destacou ainda que a força da mulher é especialmente notada no mercado de seguros e, mais especificamente, na categoria dos corretores de seguros. "Hoje, na distribuição de seguros, estima-se que mais 60% dos corretores em atividade são mulheres. E mais: 65% da força de venda na ponta do mercado são mulheres", acrescentou. Em seguida, o mediador do evento, o professor e consultor empresarial Mauricio Tadeu Barros, convocou a diretora Comercial da Tokio Marine em Minas Gerais, Andreia Padovanni, que ministrou palestra sobre a força do trabalho da mulher em tempos de pandemia. Segundo ela, há uma preocupação com dados revelados em pesquisas recentes, que apontam a queda para 46% da participação das mulheres no mercado de trabalho, em função da pandemia. "Isso é um salto atrás na história do mercado de trabalho. A última vez que esse percentual havia ficado abaixo de 50% foi em 1990", assinalou. A executiva citou ainda levantamento feito pelo Fórum Econômico Mundial, segundo o qual, mantidas as tendências atuais, a equidade entre homens e mulheres no ambiente de trabalho só será plenamente alcançada em 2095. Durante a palestra de Andreia Padovanni, o presidente da Tokio Marine, José Adalberto Ferrara, fez uma saudação às mulheres, destacando a sua importância para o mercado. "Na Tokio Mrine, 55% dos colaboradores são mulheres. E mais: 60% dos líderes da companhia são mulheres. Na diretoria, esse percentual é de 33%, mas garanto que, até o final do ano, teremos mais três colaboradoras promovidas a diretoras", assegurou. A atração seguinte do encontro foi um talk show de executivas do mercado que abordaram as oportunidades de negócios que envolvem o universo feminino, citando exemplos das suas próprias carreiras. Participaram desse painel Denise Ciavatta (HDI), Fabiana Reis (Icatu), Viviane Quinalha (Mapfre), Fabiana Resende (Pasi), Lívia Aparecida Gonçalves (Seguros Unimed) e Simone Mares (Zurich). Houve ainda uma palestra com Cris Guerra, influencer mineira e empreendedora digital, que enfatizou a importância da mulher valorizar a própria história e equilibrar "todos os pratinhos" que surgem no dia a dia. Ela conclamou as mulheres presentes a valorizarem o seu trabalho adequadamente e tudo aquilo que envolve a sua rotina pessoal e profissional. "Não vejo problema em comemorar o Dia das Mulheres em novembro. Afinal, todo dia é Dia das Mulheres", brincou. Outro ponto alto do evento, foi a degustação de vinhos. As corretoras de seguros ganharam uma garrafa de vinho sortido (Malbec -Carbenet Sauvignon ou Malbec Rose ou Chadornnay) e uma taça especial para brindar este momento junto com grandes personalidades do mercado, em um momento de muita descontração. A degustação foi guiada e dirigida pelo master wine Julio César, que contou curiosidades sobre os vinhos e esclareceu dúvidas das participantes. No final foi feito ainda o sorteio de vinhos.

ver mais

19/11/2020

Expediente no feriado do Dia da Consciência Negra

Em razão do feriado estadual (no Rio de Janeiro) do "Dia Nacional da Consciência Negra", não haverá expediente neste Instituto no dia 20 de novembro (sexta-feira).

ver mais

19/11/2020

FenaSaúde alerta sobre empresas não fiscalizadas

As empresas e seguradoras que operam no ramo saúde estão preocupadas com o crescimento da atuação no mercado de empresas que não seguem a regulação da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar). Essa preocupação foi manifestada pelo presidente da FenaSaúde, João Alceu Amoroso Lima, ao participar do painel "Perspectivas para a Saúde Suplementar no Brasil", no 23º Congresso Internacional Unidas.

ver mais
Todas as notícias