PARA SOLICITAÇÃO DA CARTEIRA

1.    Quem poderá solicitar a carteira de identidade profissional?

Todos os corretores de seguros que já estiverem recadastrados e aos corretores de seguros que tiveram sua concessão de registro deferida após o início do recadastramento (01/06/2017).

2. Onde o corretor de seguros poderá solicitar o seu pedido de carteira?

No sítio eletrônico da SUSEP.

3. Ao aparecer a mensagem de segurança "site não é seguro" o que devo fazer?

Eventualmente, esse certificado de segurança, emitido por uma certificadora oficial, pode apresentar problema. A orientação é ignorar o erro (clicando na opção avançado) e prosseguir para o site.

4. Em caso de erros diversos no prosseguimento, o que devo fazer?

É importante verificar a versão de seu navegador. Versões recomendadas: Mozilla Firefox (40.0 ou superior), Chrome (37.0 ou superior), e Internet Explorer (10 ou 11).

5.    Como é o passo a passo?

1º - Acessar o site da SUSEP – www.susep.gov.br ou link: https://www2.susep.gov.br/safe/menumercado/Carteiras/PreLoginCarteira.asp

2º - Tenha em mãos: seu CPF, a sua senha gerada no recadastramento e seu código de corretor;

3º - Após fazer a leitura da orientação disponível na página de pré-login, deverá clicar em "Prosseguir";

4º - Deverá digitar o CPF, a sua senha gerada no recadastramento e o código de verificação nos campos indicados e clique em "Entrar";

5º - O corretor deverá conferir os seus dados (extraídos de seu cadastro na SUSEP), conferir, e se for o caso, completar as informações do seu cadastro. Atenção: é de EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO CORRETOR a conferência de seus dados no cadastro;

6º - Caso seja identificado algum dado incorreto, o corretor não deve concluir a solicitação da carteira. Se já tiver concluído, não deve gerar o boleto para pagamento. Se já tiver gerado o boleto, não deve efetuar o pagamento do respectivo boleto, pois a carteira de identidade profissional será expedida exatamente com os dados disponibilizados para essa conferência;

7º - A orientação em situações de identificação de erro é que o corretor de seguros corrija o erro identificado no seu cadastro, através de pedido de alteração cadastral, a ser realizado no sistema da SUSEP, utilizado o número de seu CPF e a sua senha criada no recadastramento;

8º - Com as informações confirmadas, deverá clicar em "confirmar". Após deverá iniciar o fluxo de solicitação;

9º - Já no ambiente da empresa parceira, a Certisign, deverá clicar em "Nova solicitação" e informar o número de registro na SUSEP. Após irá identificar suas informações e deverá clicar em "continuar";

10º - Será solicitado ao corretor, também, o fornecimento de uma foto e sua assinatura;
- A foto deverá atender às exigências do padrão ICAO (o mesmo usado em passaportes) - Clique para mais informações:
https://sistemas.mre.gov.br/kitweb/datafiles/Munique/pt-br/file/Fotos%20ICAO.pdf

- Quanto à assinatura, é possível anexar o arquivo com sua assinatura no formulário disponível, fazer o upload de um arquivo com a imagem da assinatura digitalizada, ou desenhá-la com o mouse.

Vale lembrar que, para retirada da carteira, será exigida a apresentação de documento que deverá ter assinatura igual ou similar à enviada para a emissão da carteira.

No caso de assinatura digitalizada, a mesma deve obedecer a alguns requisitos mínimos (descritos na página onde será solicitada).

11º - Ao concluir a conferência do seu cadastro, preenchimento de dados solicitados, envio da foto e da assinatura, o corretor deverá gerar o boleto para pagamento e após o pagamento do respectivo boleto, considere seu pedido realizado.

 

6. Qual o prazo de disponibilização da entrega da carteira?

Em relação ao prazo de disponibilização, a produção das mesmas pela empresa contratada se dará em lotes, incialmente de 500 (quinhentas) unidades, em face dos custos envolvidos para a sua produção, podendo o tempo de entrega variar conforme a demanda.

7. Há prazo mínimo ou máximo para emissão da carteira pela parceira?

Não há prazo mínimo ou máximo para emissão das carteiras, após a solicitação no sistema, uma vez que somente serão emitidas a partir do fechamento do lote de 500 unidades.

8.    Quem será responsável pela distribuição das carteiras?

A distribuição das carteiras ficará a cargo do IBRACOR, em parceria com os sindicatos da categoria.

9. Quem pode buscar minha carteira? Posso pedir que o IBRACOR me envie pelos Correios?

O corretor deve se dirigir ao Sindicato dos Corretores de Seguros de seu Estado ou às Delegacias Regionais para retirada da carteira. As carteiras não serão entregues por Correio.

10. O que eu preciso levar para retirar minha carteira no Sindicato dos Corretores de Seguros de seu Estado ou Delegacias Regionais?

O corretor deverá apresentar comprovante de pagamento da carteira e documento de identificação original com foto para a retirada do documento.

Atenção: O documento a ser apresentado no ato da retirada da carteira deverá ter assinatura igual ou similar à enviada para a emissão da carteira.

11. O que deve ser feito em caso de identificação de erro na carteira de identidade profissional emitida?

Em caso de identificação de erro na carteira de identidade profissional emitida, no ato da conferência realizada na entrega, somente será aceita a devolução, para os erros relacionados à empresa que confeccionou o documento. Ou seja, para os erros de digitação ou informação equivocada no cadastro, confirmada pelo corretor no ato da solicitação realizada no sistema, não serão aceitas devoluções. Caberá ao corretor corrigir o erro identificado na carteira de identidade profissional diretamente no cadastro da SUSEP, através de pedido de alteração cadastral, a ser realizado no sistema da SUSEP, utilizado o número de seu CPF e a sua senha criada no recadastramento. Após o processamento da alteração no cadastro, o corretor deverá proceder com uma nova solicitação, arcando com o ônus da nova emissão.

Para mais informações, o corretor de seguros poderá encaminhar perguntas ao Fale Conosco (faleconosco@ibracor.org.br).

 

RECADASTRAMENTO

1.    Quem deverá se recadastrar?

Todos os corretores de seguros deverão se recadastrar, por meio de solicitação específica gerada no sítio eletrônico da SUSEP, na rede mundial de computadores, na qual serão informados seus dados cadastrais, de seus prepostos e filiais, e anexados os documentos digitalizados, no formato PDF, exigidos pela Circular Susep nº 510, de 2015.

2.    Ao aparecer a mensagem de segurança "site não é seguro" o que devo fazer?

Eventualmente, esse certificado de segurança, emitido por uma certificadora oficial, pode apresentar problema. A orientação é ignorar o erro (clicando na opção avançado) e prosseguir para o site.


3.    Como é o passo a passo?

1º - Acessar o site da Susep – www.susep.gov.br ou link: https://www2.susep.gov.br/safe/menumercado/CadastroCorretores/inicioPesFis.asp?modulo=RF

2º - Digitar o CPF; o código de verificação nos campos indicados e clique em "Entrar";

3º - Clicar em "Pedido de Recadastramento";

4º - Preencher todos os seus dados nos campos indicados;

5º - Clicar em "Salvar Cadastro";

6º - Em seguida será enviado um e-mail da Susep, informando o número do pedido;

7º - Após o envio do e-mail, será enviado um segundo e-mail com um link onde deverá clicar para confirmar o pedido;

8º - Clicar em "Incluir documentos avulsos" onde serão inseridos os documentos digitalizados;

9º - Anexar cada documento no formato "PDF" e em preto e branco, com uma resolução máxima de 100 DPI.

10º - Clicar em "finalizar pedido";

11º - Ler atentamente os termos e marcar que está ciente e concorda, para finalizar seu pedido;

12º - Clicar em "ok" na tela que aparecerá "Tem certeza que deseja finalizar pedido?";

13º - Clicar em "ok" para nova mensagem;

14º - Após o pedido finalizado, "com sucesso", o corretor deverá acompanhar o andamento, através do número de pedido informado (6º passo).

 

4.    Quais documentos serão anexados ao pedido de recadastramento do corretor, pessoa física?

Carteira de identidade válida em todo território Nacional;
Certificado de habilitação promovido pela FUNENSEG;
CPF;
Comprovante de quitação com a justiça eleitoral ou recibo de votação da última eleição; comprovante de quitação com o serviço militar, quando se tratar de brasileiro entre 18 e 45 anos;
Comprovante de residência ou declaração de endereço, nos termos da Lei nº 7.115/1983;
Comprovação de quitação da contribuição sindical dos 5 (cinco) últimos anos, observado o prazo prescricional.

5.    Quais documentos são aceitos como comprovante de residência?

Água, luz, telefone ou gás.

6.    Qual procedimento adotado no caso do corretor de seguros que não possui o comprovante de residência em seu nome?

Fazer uma declaração, nos termos da Lei nº 7.115/1983.

7.    Ao finalizar o pedido o corretor precisar fazer mais algum procedimento?

Sim. Posteriormente, ao finalizar, o corretor receberá um e-mail da SUSEP, contendo as orientações de conclusão de seu pedido.

8.    Qual o período de recadastramento para o corretor de seguros, pessoa física?

O período de recadastramento para corretores de seguros será de 1º de junho de 2017 a 15 de dezembro de 2017, repetindo-se a cada 3 (três) anos.

9.    O sítio eletrônico da SUSEP permitirá que o corretor de seguros consulte o andamento do seu respectivo pedido?

Sim.  

10.    Quais são os status do pedido no sistema?

"Não finalizado" - indica que o corretor de seguros não finalizou o pedido, sendo que a permanência nesta situação por mais de 60 (sessenta) dias, implicará o cancelamento automático do pedido.
"Aguardando análise" - indica que o pedido ainda não foi distribuído para análise.
"Em análise" - indica que o pedido foi distribuído para análise.
"Em exigência" - indica que o pedido foi analisado e foram observadas inconsistências no preenchimento dos dados cadastrais ou nos documentos anexados, devendo o corretor de seguros cumprir as exigências informadas e finalizar novamente o pedido, sendo que a permanência nesta situação por mais de 60 (sessenta) dias, implicará no indeferimento do pedido.
"Deferido preliminar" - indica que o pedido de recadastramento passou pela análise do Ibracor, foi deferido preliminarmente e encaminhado para análise da SUSEP.
"Deferido"  - indica que o pedido de recadastramento foi aprovado pela Susep e as informações cadastrais do corretor de seguros foram atualizadas com êxito.
"Indeferido" - indica que o pedido de recadastramento não foi aprovado pela SUSEP, devido ao não preenchimento de todos os requisitos exigidos por esta Circular.

11.    A situação "não finalizado" indica que o corretor de seguros ou sociedade corretora não finalizou o pedido, sendo assim qual o prazo de permanência nesta situação?

O prazo será de 60 dias.
Vale esclarecer que são diversas as situações possíveis para a não finalização do pedido, conforme pontuado no passo a passo acima, sendo as mais frequentes:

- Porque não clicou no "Finalizar pedido"; ou
- Não anexou os documentos em PDF; ou
- Não confirmou a finalização do pedido clicando no link enviado em um segundo e-mail, para confirmação do pedido.
 

12.    Caso o corretor não finalize esse pedido dentro do prazo o que ocorrerá?

Implicará o cancelamento automático do pedido.

13.    Na hipótese de cancelamento automático do pedido, o corretor de seguros poderá gerar um novo pedido de recadastramento?

Sim, desde que o prazo estipulado pela Circular SUSEP nº 552/2017 e posteriormente alterada pela Cirucla SUSEP nº 558/2017 não tenha se esgotado. Ou seja, até 15 de dezembro de 2017, para recadastramento das pessoas físicas.

14.    O que acontece com os corretores de seguros que não efetuarem o recadastramento dentro do prazo estipulado pela Circular SUSEP nº 558/2017?

Os corretores de seguros que não efetuarem o recadastramento dentro do prazo da Circular SUSEP nº 558/2017 terão seus respectivos registros suspensos, e ficarão impedidos de intermediar negócios de seguros, capitalização e previdência complementar aberta, até a regularização de seus respectivos cadastros.

15.    Os corretores de seguros que não tenham atendido ao recadastramento de que dispôs a Circular SUSEP nº 370, de 2008, ou que estejam com o registro cancelado podem se regularizar?

Sim, os corretores de seguros que não tenham atendido ao recadastramento de que dispôs a Circular SUSEP nº 370, de 2008, e que queiram regularizar seu cadastro, deverão solicitar um novo registro, através de um pedido de concessão, observadas as condicionantes previstas na Circular Susep nº 510, de 2015.

16.    O corretor de seguros tem que pagar para se recadastrar?

Não, o recadastramento dos corretores de seguros, de que trata a Circular SUSEP nº 552/2017 e circular SUSEP nº 558/2017, é gratuito.

17.    Qual a circular que fala sobre a distribuição das carteiras de identidade profissional de corretores de seguros?

Circular SUSEP nº 551/2017.

18.    O Corretor de seguros poderá solicitar a emissão de sua carteira antes do deferimento da SUSEP de seu pedido de recadastramento?

Não.

19.    Onde o corretor de seguros poderá solicitar o seu pedido de carteira?

No sítio eletrônico da SUSEP.

20.    A partir de quando o corretor recadastrado poderá fazer o pedido de emissão de sua carteira de identidade profissional?

A SUSEP disponibilizou, desde o dia 05/09/2017, o link para solicitações da carteira de identidade profissional - https://www2.susep.gov.br/safe/menumercado/Carteiras/PreLoginCarteira.asp

21.    Quem será responsável pela distribuição das carteiras?

A distribuição das carteiras ficará a cargo do IBRACOR, em parceria com os sindicatos da categoria, devendo o corretor se dirigir ao SINCOR de seu Estado ou às Delegacias Regionais para retirada do documento, portando o comprovante de pagamento de solicitação da carteira e documento de identificação original com foto, que deverá ter assinatura igual ou similar à enviada para a emissão da carteira.

22.    Não possuo o certificado de habilitação Técnico-Profissional ou Curso de Habilitação Técnico-Profissional para Corretor de Seguros, promovido pela FUNENSEG ou por outra instituição autorizada pela SUSEP, o que devo fazer?

O IBRACOR disponibiliza modelos de justificativas que foram criados por este Instituto e aprovados pela SUSEP, para os corretores que estão encontrando dificuldades em apresentar o certificado de habilitação. Clique para acessá-los.

Para mais informações, o corretor de seguros poderá encaminhar perguntas ao Fale Conosco - faleconosco@ibracor.org.br.

 

PORTAL IBRACOR

P. Como solicitar adesão ao IBRACOR?
R. Sigas as instruções aqui.

 

P. Como registrar uma denúncia e/ou reclamação?
R. Sigas as instruções aqui.

 

P. Quanto custa a  adesão?
R. Verifique nas instruções de adesão aqui.

 

P. O IBRACOR atende à solicitação da corretora em ser fiscalizada, agindo mais como uma consultoria do que um órgão fiscalizador?
R. Sim, considerando que nossa ação tem o caráter preventivo  para o bom funcionamento e disciplinamento ético do mercado de corretagem de seguros.